Contato

Venha nos fazer uma visita!!!

captcha

MENDES GOBBI ECO DESIGN
Rua Bento Gonçalves, 183. Sala 703
(Centro Executivo Pedro Xavier)
Centro | Florianópolis | SC | Brasil
Skype: mgecodesign
+55 48 3364.5177 | 9972.5177
ecodesign@mendesgobbi.com.br
Veja nossa localização no mapa:

fechar

Trabalhe conosco

captcha

MENDES GOBBI ECO DESIGN
Rua Bento Gonçalves, 183. Sala 703
(Centro Executivo Pedro Xavier)
Centro | Florianópolis | SC | Brasil
Skype: mgecodesign
+55 48 3364.5177 | 9972.5177
ecodesign@mendesgobbi.com.br
Veja nossa localização no mapa:

fechar

Posts com a tag ‘água’

  • O que são Edifícios Verdes?

    Publicado em 26/04/2011 por | Nenhum comentário

    predios-sustentaveis-300x211

    Edifícios verdes são prédios que seguem determinados parâmetros e que têm uma preocupação toda especial com o meio ambiente em que estão inseridos e com a correta utilização dos recursos naturais necessários ao seu funcionamento e a correta destinação dos resíduos gerados por essa utilização. Assim, a preocupação com a eficiência e com a qualidade é sempre voltada para o mínimo impacto ambiental possível.

    O que começou como “uma onda militante” por parte dos ecologistas de “primeira hora” acabou chegando à mesa dos grandes empresários que perceberam que podiam adotar as práticas preconizadas para os edifícios verdes e ainda sim obter lucro com aquela “coisa nova”. A economia gerada com a redução do consumo de água e de energia elétrica compensava de longe os gastos necessários para a conversão dos prédios já existentes ou da construção de novos prédios exclusivamente projetados para serem assim.

    Veja mais »


  • Tratamento de Água com Ozônio

    Publicado em 16/03/2010 por | Nenhum comentário

    O ozônio (O3), conhecido como oxigênio ativo, é um gás natural e protege os seres vivos, como um filtro, dos raios solares malignos. Ele é um poderoso bactericida, algicida, fungicida e viricida (destroi esses microorganismos 3.120 vezes mais rápido que o cloro), além de ser reconhecido como o mais seguro e eficaz método de tratamento de água do mundo, com aplicações em indústrias, piscinas, águas municipais, medicina e odontologia.

    Os microrganismos não desenvolvem resistência ao ozônio, como acontece com os antibióticos em geral, garantindo a eficiência do processo a longo prazo.

    O ozônio é produzido no local, a partir do ar ambiente, não necessitando de compra, transporte, armazenagem e manipulação de insumos. Sua geração é automática, com custo de operação em geral inferior ao do uso de produtos químicos.

    Aplicado na desinfecção da água, o ozônio faz o papel de agente microbiológico e oxidante e elimina as cloraminas (reação do cloro com todas as impurezas presentes na água).

    As cloraminas são as grandes vilãs das piscinas, pois agravam problemas alérgicos e respiratórios, causam ardência nos olhos, ressecamento na pele e nos cabelos, descamação do esmalte das unhas, além de deixar cheiro desagradável na água e no corpo.

    A tecnologia ozônio, além de eliminar os desconfortos ocasionados pelas cloraminas reduz os casos de doenças como otite (inflamação dos ouvidos).

    Em breve falaremos mais sobre o Ozônio e sua utilidade.

    Capa-água

    Fonte: Panozon – Tratamento de água com ozônio


  • Os verdadeiros impactos da construção civil | Energia e Água

    Publicado em 05/03/2010 por | Nenhum comentário

    Agora o texto é sobre… ENERGIA E ÁGUA

    “Hoje, aproximadamente 40% da energia mundial são consumidas pelos edifícios”, diz Scillag, explicando que o consumo energético nas edificações ocorre em dois momentos. Na etapa pré-operacional ou de energia embutida, aquela da extração e fabricação de materiais, do transporte até a obra e da construção do edifício. “Porém, a etapa em que a edificação mais consome energia é durante sua ocupação, em manutenção e demolição”, diz. O consumo de energia é diferente dependendo do setor – comercial, público ou residencial. O consumo de energia elétrica do setor residencial no Brasil é o mesmo que o consumo somado do setor público e comercial.

    Essa é uma das maiores oportunidades para construção civil mundial no combate as mudanças climáticas. No Brasil, por exemplo, as edificações consomem anualmente 44% do total de energia elétrica do País. O caminho para alcançar a eficiência energética é o investimento em projetos bioclimáticos com uso, quando possível, de energias renováveis”, recomenda. Com o  uso racional de recursos é possível reduzir entre 30% e 40% o consumo de energia e de água.

    Veja mais »



© 2014 Mendes Gobbi Eco Design. Todos os direitos reservados.